Instalação de ancoragem. Saiba como!

O sistema de ancoragem é a importância primária no sistema de acesso por corda e deve ser indubitavelmente seguro.

A força máxima de impacto admissível ao usuário em caso de queda não deve ultrapassar de 6 KN; portanto, a força estática de todas as ancoras, com exceção das ancoras de desvio e ancoras fixadas simplesmente para manter a posição dos cabos de ancoragens devem ser de pelo menos 15 KN. As ancoras de desvio e as ancoras fixadas simplesmente ara manter a posição dos cabos de ancoragem podem ter força estática menor do que isso, mas devem ser suficientes para a carga que pode ser aplicada.

Instalação de ancoragem

Equalização de amarrações com a corda.

Para aumentar a segurança esses pontos de ancoragens  devem ser interligados como na figura a baixo;

Sendo que o angulo ideal é ate 90 graus e o máximo aceitável é 120 graus.

Nó orelha de coelho ( para equalizar a amarração)

 

Se caso houver corda danificada e a mesma,  for identificada no momento em que estiver suspenso, deve-se aplicar um nó borboleta, para isolar a área danificada da corda e garantir a segurança. Caso seja identificado antes de começar as atividades recomenda-se que  a corda seja substituída.

 

Nó de pescador para o final da corda.

Deve-se observar a importância do nó para o final da corda,  deve ser aplicado com no mínimo  trinta centímetros a cima do final da corda, dessa forma evita-se que o técnico dessa livremente ao final  da corda.

 

Quando em uso, é necessário tomar as precauções adequadas para prevenir danos aos cabos de ancoragem. Sempre que possível, os cabos de ancoragem devem ser organizados de forma que eles pairem livremente, como sistema de desvio ou reancoragem e de modo a evitar que corram sobre bordas abrasivas ou cortantes, ou ainda superfícies quentes. Quando isto não for possível, é essencial que os cabos de ancoragem sejam adequadamente protegidos, por exemplo, pelo uso de roletes, acolchoamento das bordas ou outros tipos de protetores de corda.

Obs:o conteúdo fornecido não substitui um treinamento teórico e prático de acordo NBR15475.
Quer ver mais posts como este? deixe um comentário a baixo e nos diga o que você quer  saber!
compartilhe e leve conhecimento aos seu amigos 😉

 

 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *