Guia rápido: Passagem para nivel 2 ou 3 IRATA

Passagem para nível 2 ou 3  IRATA

Os candidatos que pretendem passar para um nível superior devem ter experiencia em todas as exigências praticas e teóricas do seu nível atual antes da frequência deste tipo de qualificação, por exemplo um nível 1 que deseja a qualificação nível 2, deverá ser capaz de realizar todas técnicas de nível 1 e responder questões de teoria nível 1, antes do inicio de um treinamento de nível 2.
Os candidatos que não sejam competentes no seu nível atual podem requerer treinamento adicional. Como há tão pouco tempo disponível em cursos de atualização para cursos de renovação, recomenda-se uma pré-Avaliação para verificar o nível atual de competência dos candidatos.

Os candidatos que pretendem passar de nível devem assegurar que:

– A sua certificação IRATA atual ainda é valida no dia da avaliação;
– Têm os necessário de experiencia e horas de trabalho comprovada através do documento de registro de acesso por corda ( log book ) preenchido e assinado por um nível 3.

  •       Nível 2  Ensino fundamental completo

Possuir experiencia superior a 24 meses e 100 horas, desde sua primeira certificação de nível 1 assinada por um profissional     nível 3.

  •   Nível 2 Ensino médio completo

Possuir experiência superior a 12 meses e 1000 horas, desde sua primeira certificação do nivel 1 assinada por um profissional     nivel 3.

  •  Nível  3 Ensino médio completo

Possuir experiencia superior a 30 meses e 2500 horas, desde sua primeira certificação do nível 2 assinadas pelo empregador.

 

Os profissionais de acesso por corda que se encontram a revalidar a sua certificação devem mostrar os seus log books originais á empresa membro IRATA no início do treinamento e portar durante a avaliação de qualificações. Quando os profissionais de acesso perdem seus log books, devem pedir a sua substituição a fim de ser emitido um novo, concluído e verificado antes da avaliação.

 

fonte: TACS

 

Gostou compartilhe : )

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *