Acesso por cordas. Você está apto para esta profissão? Confira!

O trabalho em altura exige que o individuo tenha atitude, aptidão, capacidade física e treinamento adequado.  Portanto, alguma forma de exame é necessária para avaliar adequadamente todos os possíveis candidatos.

É importante que sempre se possa contar com um comportamento sensato e responsável por parte dos técnicos.  Os técnicos em acesso por cordas devem ser suficientemente saudáveis e livres de qualquer deficiência que possa impedi-los de trabalhar com segurança em altura.

Contra indicações incluem:

  • Doença cardíaca/dores no peito;
  • Pressão sanguínea alta ou baixa;
  • Epilepsia, convulsão, perda de consciência;
  • Medo de altura/vertigem;
  • Tontura/problemas com equilíbrio;
  • Deficiência funcional dos membros;
  • Dependência de álcool ou drogas;
  • Enfermidade psiquiátrica;
  • Obesidade;
  • Diabetes.

 

É de responsabilidade dos trainees ou de seus empregadores garantir que ele esteja em condições físicas e médicas para realizar o treinamento em acesso por corda.

Os Funcionários tem como responsabilidade com seus empregadores e seus próprios colegas de trabalho notificar quais quer mudanças em sua condição medica ou física que possa vir a afetar o seu trabalho. Isto inclui os efeitos de álcool ou drogas.

Aos técnicos em acesso por corda devem ser dada a oportunidade de não trabalhar em altura caso eles não estejam se sentindo apto para realizar  tal tarefa.

 

Experiencia, atitude e aptidão

Todas as pessoas que trabalham em altura precisam ter pelo menos formação elementar em relação aos diferentes métodos de proteção contra queda( ex: proteção contra queda, restrição de trabalho, sistema com redes de segurança, bolsas infláveis, plataformas de trabalho elevatórias moveis) alem das metodologias necessárias para o acesso por corda.

A avaliação para saber se uma pessoa se adapta ao trabalho de acesso por corda exige que se leve em consideração sua experiencia previa de trabalho. As referencias devem ser recolhidas a fim de verificar a experiencia e os níveis de competência. Os empregadores devem levar em consideração a experiencia comercial e as atividades relevantes, para garantir a utilização de ferramentas e equipamentos.

Os empregadores devem procuram assegurar que os técnicos em acesso por cordas, incluindo os trainees, alem da sua qualificação IRATA Internacional e/ ou IRATA Brasil, tenham também atitude e aptidão adequadas essas incluem:

  • Uma mente apta para trabalho em altura
  • Habilidade natural ou em potencial para o trabalho com acesso por corda;
  • A habilidade de trabalhar em equipe;
  • Uma atitude responsável em relação a segurança;
  • Um desejo de aperfeiçoar suas habilidades;
  • Um padrão de comportamento profissional.

 

Eai, esta preparado para uma das profissões mais cresce no país? comente o que você achou e compartilhe com seu amigos!  🙂

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *